Publicado por: mirnacavalcanti | 20 de dezembro de 2015

ONDE a JUSTIÇA, ‘Tribunal Maior’?


Até quando teremos que esperar a Justiça usar a balança e a espada para punir os criminosos todos deste país?

…   “A espada sem a balança é brutal, a balança sem a espada é a impotência do Direito” …                           Seguraram a balança, brandiram a espada… DESNIVELADA a balança.    ONDE a JUSTIÇA???

 

 

 

 

 

Sou uma pessoa consciente e justa. Temperamento forte e ardente, jamais perdi o equilíbrio; ‘balancei’ algumas vezes – é verdade, mas não caí – nem cairei. NADA nem ninguém nesta Terra poderá fazer com que tal ocorra. Só dobro a cerviz perante Deus.

Há muitos motivos para estar triste – muitos mesmo… mas, por surreal que possa parecer, não só fortalecem aqueles minha fé, como intensificam sobremaneira  a vontade de lutar contra as causas que lhes originaram, para tentar restaurar o respeito aos Princípios pelos quais pauto  minha vida.

Sigo a caminhar – sempre mantendo a cabeça erguida e os olhos fitos em um horizonte que minha alma sabe existir. Busco a forma certa de fazê-lo (que sei não ser fácil), mas ‘chegarei lá’, sem JAMAIS nivelar-me aos baixos…

Lembro-me de uma conversa que tive com um de meus maiores mestres  e queridíssimo amigo, quando discutíamos sobre os sentimentos humanos frente à realidade. Disse-me ele:

“O egoísmo pessoal, o comodismo, a falta de generosidade, as pequenas cobardias do quotidiano, tudo isto contribui para essa perniciosa forma de cegueira mental que consiste em estar no mundo e não ver o mundo, ou só ver dele o que, em cada momento, for susceptível de servir os nossos interesses.”… Este amigo, era ninguém menos que José Saramago.

Assim, essa gente pequena, tão pequena que chega a ser ‘ínfima’, gentaça mesmo (não importa que esteja em postos elevados ou pertença à ‘arraia miúda’;  ao fim e ao cabo, é rebanho que só se move tangido. Essa gentalha está a causar tudo o que há de errado, mau, pernicioso e injusto neste mundo.          Não merecem  esses seres abjetos que eu desvie meus olhos do patamar elevado em que estou, sempre em ascendência, para descer à pútrida lama na qual chafurdam; cairão no inferno, que é seu lugar. Quanto mais ‘instruídos’ forem, por mais terão que responder.

Lembro, por oportuno o que afirmou ZAPATA:                                                                “Se não há justiça para o povo, que não haja paz para o governo”.

‘Para todo o problema há solução’. Conclamo a todos buscá-la em nome da LIBERDADE!

Mirna Cavalcanti de Albuquerque

Rio de Janeiro, 20 de Dezembro de 2015


Responses

  1. Olá Mirna, como está? Parabéns por suas palavras verdadeiras e corajosas.Como sempre justa no seu pensar e analisar.
    Aproveito para desejar a você todos da família um Feliz Natal.
    Beijos
    Maria


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: