Publicado por: mirnacavalcanti | 24 de junho de 2013

As rosas e o Tempo


DSCN0904

Oferto-lhes rosas do meu jardim.
Imaginem-lhes o perfume.
Vejam-lhes as cores…
São belas, mas têm espinhos que,
se tocados, podem causar dores…

Assim também é a vida.
Assuntos há  que não queremos tocar.
Porém, há que buscar as possíveis soluções
e não apenas. dos problemas, evitar falar…

O TEMPO passa inexorável… Chances, não
há que deixar passar… pois a vida se esvai
aos poucos – sem que mesmo se note, 
e, quando menos se espera, perde-se
– de vez – o Norte!

 

 

 

Mirna Cavalcanti de Albuquerque

Rio de Janeiro, 22 de Junho de 2013

Anúncios

Responses

  1. Muito lindo esse poema, mas o impressionante mesmo é a sua incrível capacidade de transformar a realidade, às vezes dura, num poema tão singelo como esse! É pura realidade evitar falar sobre certos assuntos, contudo, não se pode fugir dele pra sempre, sem que se busque a solução! A mim, o que me conforta muito é que sempre busco, em primeiro lugar, a solução através da fé em DEUS!
    Parabéns, mais uma vez
    Grande abraço, Mirna! do seu amigo
    Waldir Khalil


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: