Publicado por: mirnacavalcanti | 20 de abril de 2013

Para um amigo


AnteScriptum

Eescrevi esta poesia,  primeiramente em inglês.  Verti-a,  reeditei-a.  É uma mensagem para não só um amigo, mas para todos os sensíveis amigos que tenho. Os que a lerem, certamente nela se encontrarão.

                                                                                                          amortalha

Tens as mãos cheias de luz e o ser pleno de amor

Tua arte é  movimento, cor,  profundidade, amplitude, calor …

Chegas aos céus e tocas  o tremeluzir das estrelas …

Da mesma forma , mergulhas na profundidade dos

mistérios da vida em busca de respostas 

e presenteias o mundo com tua sensibilidade .

Ah! Se todos fossemos como tu…

como deveriamos todos ser…

 

Lembra-te a cada alvorecer: sendo efêmero,

és também eterno, e que teu caminhar 

nesta Terra é  para purificar-te. Busca a felicidade  

sempre com amor,  solidariedade e  bondade,                                                                                                                                                                     

estendendo as mãos para todos os teus irmãos,                                                                                                                                                                        

desculpando suas fraquezas,  mostrando-lhes

a  imutável VERDADE… 

Assim:

Desenha’ um sorriso em teu rosto,

cuida com carinho da ESPERANÇA,

deixa que suas raízes se aprofundem

em tua  alma, nutridas pela serena

fortaleza da fé de teu coração!

Segue pintando  a tela da  vida com a cor dos  

sonhos que tinhas  como criança, então…

 

 

 

 

Mirna Cavalcanti de Albuquerque Pinto da Cunha                                                                                                                                                                             Rio de Janeiro, 20 de Abril de 2013

Anúncios

Responses

  1. Olá Mirna!

    Gratos pelos presentes diários. Sim, abril a caixa de e-mails e deparar-me com teus escritos, é como um afágo na alma.
    Leio e sinto tanto quando e como escreveu, que sem prepotência, penso comigo mesmo. Puxa penso assim, será que nao fui eu que escrevi na alma e o espuirito de Mirna captou?
    Obrigado ser que traz palavras da alma, filtra no coraçao e espalha para tantos seres neste mundão.
    Obrigado por repartir tamanha sensibilidade e profundidade de um ser especial.
    Acom afeto.

    José Carlos Bortoloti
    http://www.epensarnaodoi.blogspot.com.br
    Passo Fundo – RS

    • JOSÉ CARLOS BORTOLOTI,

      boa noite, amigo!

      Primeiramente, agradeço-te a forma humana, gentil e até mesmo carinhosa como comentaste o que escrevi.

      Certeza‘, não tenho, mas penso que há diversas ‘espécies‘ de seres: ie – de almas. Umas, se encontram mais evoluídas do que outras; umas são mais primitivas. As que se encontram ‘afinadas pelo mesmo diapasão‘, têm formas de sentir e pensar semelhantes, pois ‘captam’ do universo o que de melhor existe – ou escrevem COMO gostariam que esta Terra fosse. Certamente NÂO como agora se está, pelas ações das ‘criaturas primitivas e brutas’ – espiritualmente consideradas. Não adiantam os graus universitários todos, os doutorados, os PHDs – SE a alma não evoluiu. Se a alma não evoluiu – e não busca a evolução, o intelecto não pode se considerar ‘enriquecido‘.

      Assim, caro conterrâneo (sou de Porto Alegre) – estando a ocorrer o que narraste, estamos ‘afinados’ como seres carnais, em evolução espiritual – e em idêntico diapasão.
      Penso que esses sentimentos e pensamentos – juntam-se e nos irmanam a todos os demais a nós semelhantes.
      Isto é para agradecermos ao PAI – apesar de tudo, há pessoas que fazem a ‘diferença positiva’ – e são – e serão elas – que estão tentando, cada uma dentro de seu pequeno universo, irradiar a luz, a fé, o bem, a solidariedade das quais o mundo tanto necessita.

      Mais uma vez, obrigada por tuas palavras.

      Que Deus te ilumine e guarde – assim como a todos os que te são caros.

      Fraternal abraço,

      Mirna.

  2. […] Para um amigo […]

    • OLÁ, OSMAR!

      AMIGO, sim! Sei que há poucos, mas sei também que podemos encontrar mais amigos, se tivermos a mente e o coração abertos. Sê bem vindo!

      Um domingo e semanas cheios de luz para ti e os teus!

      Abçs.,
      Mirna.

  3. Mais uma das tuas luzentes poesias!
    Agradeço-te, amiga Mirna, por poder fazer parte do teu grupo de amigos. Agradecendo, também, pela honraria no envio da poesia.
    Forte abraço.
    Gilberto

    • Boa noite, amigo e colega GILBERTO!

      Uma das boas coisas da internet(são muitas, se bem usada), é a possibilidade de conexão com pessoas boas, inteligentes, com as quais podemos trocar idéias, informações e, com o transcorrer do tempo, esses ‘amigos virtuais’ são amigos REAIS, pois conhecem o que de mais importante temos: sentimentos e pensamentos. Alguns (como tu), algumas vzs. têm até mesmo me auxiliado quando preciso – cada um usando o que sabe ou, simplesmente compartilhando sentimentos e vivências – sendo verdadeiros ‘psicólogos virtuais’. Dedicam seu tempo, ‘estendem suas mãos‘ e fazem boas ações.
      Assim, quem te agradece sou eu. Foi muito bom termo-nos ‘encontrado’.
      Obrigada peas mensagens todas que me tens enviado e que, nem sempre, tenho tido oportunidade de agradecer.

      Saúde, luz e paz para todos os teus!

      Fraternalmente,

      Mirna.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: