Publicado por: mirnacavalcanti | 11 de agosto de 2012

A origem dos Jogos Olímpicos


                                                                                                           

                                                                                              

 – DISCÓBOLO DE MYRÓN (atual símbolo da Educação Física)
      Discóbolo (“O arremessador do disco”) do escultor grego Miron, feito em mármore, datado de 450 a.C. (Século V. A.C.) Atualmente, encontra-se no Museu Nazionale Romano em Roma, Itália. 
      O arremesso do disco, criada na Grécia mitológica, é considerada a mais antiga prova de arremesso do atletismo. Supõem-se que os primeiros discos eram de pedra e não tinham o formato atual, ou seja, os implementos vêm sofrendo aperfeiçoamentos através dos tempos até alcançarem o formato circular de hoje. Esse esporte tornou-se bastante popular na Grécia antiga (inclusive levando vários artistas daquela época a estudá-lo), presumi-se devido a variedade de posições que o corpo adotava durante o arremesso. Foram criadas várias obras de arte fundamentais, entre as quais: os discóbolos de Alcamenes e Miron, além de outros anônimos (FERNANDES, 1978, p. 77) http://www.casafiep.com/index.asp?a=discobolo.asp

Amigos, leitores

Esta matéria foi publicada originariamente no JB-BW, em  08/04/2008  tendo tido, até o momento, 11985 acessos e 9 preciosos comentários.Eu a republico agora, neste espaço, por tempestividade e pela probabilidade de  vir a ser util  para os estudantes, consoante se depreende tanto de sua leitura, como dos comentários nela postados (**) 

Mirna Cavalcanti de Albuquerque                                                                                                                                                                                                     Rio de Janeiro, 11 de Agosto, de 2012

A Grécia é o berço da civilização ocidental – filosofia, arte, esportes – entre outros, são produtos do gênio grego e lá mais se desenvolveram do que em qualquer outro lugar do mundo antigo. – Foto: Internet

Os primeiros Jogos Olímpicos da Antiguidade foram realizados em Olímpia e datam de 776 a. C. Os relatos lendários atribuem a Pélope, Apolo ou Hércules a sua fundação, embora seja provável que provenham de uma trégua entre os reis de Esparta e Elida. Olímpia, cidade sagrada, cresceu em torno do templo de Zeus, deus da luz, do céu, do raio, da ordem e da justiça, e pai de todos os Deuses. As Olimpíadas eram dedicadas a esta divindade. Fora de Olímpia, os centros atléticos mais célebres foram Delfos (Jogos Píticos), Corinto (Jogos Ístmicos) e Nemeia (Jogos Nemeos). Mas nenhuma destas competições pode igualar a dimensão e celebridade dos Jogos de Olímpia realizados de 4 em 4 anos nos meses de agosto e setembro (época das colheitas).

Na Antiguidade, a participação dos atletas era estabelecida por um código rígido de conduta e qualquer infração era punida com rigor. As mulheres eram proibidas de assistir às disputas. Não se sabe quantas pessoas compareciam aos Jogos, mas o estádio tinha a capacidade estimada entre 45 mil e 50 mil espectadores. Os competidores chegavam a Olímpia um mês antes do início oficial do Jogos e passavam por um treinamento moral, físico e espiritual sob a supervisão do juízes. Durante os jogos declarava-se a paz entre todos os estados gregos.

Com o domínio romano sobre os gregos, os Jogos foram perdendo sua identidade. Na época do imperador Nero, no lugar de cidadãos livres, escravos passaram a competir por suas vidas contra animais selvagens. Símbolo da competição nobre de valor educacional na Grécia, os Jogos foram abolidos em 393 d. C. pelo imperador cristão Theodosius I (Teodósio I), de Roma, por considerá-los pagãos. Fanático, Teodósio não gostava do aspecto mitológico dos Jogos.

Já nos tempos modernos, em 1833, o jornal grego Helios publica um poema de Alexandros Soutsos recordando a glória dos Jogos Olímpicos e encorajando a sua volta. Em 1852, escavações das ruínas do templo de Olímpia onde aconteciam os Jogos nos tempos ancestrais provocaram um renascimento dos valores esportivos do gregos antigos, que acabaram por influenciar o francês Charles Louis de Feddy, mais conhecido como barão Pierre de Coubertin. Em 1892, no Congresso Internacional de Atletismo de Paris, Cubertin, pai dos Jogos Olímpicos Modernos, propõe a sua volta. Aristocrata francês, pedagogo e esportista, Coubertin visitou vários países até conseguir a promessa da Grécia para realizar, com 12 países, os primeiros Jogos Olímpicos da Era Moderna. Em 1894, é formado o Comitê Olímpico Internacional (COI). E foi em Atenas, em 1896, que realizou-se o acontecimento que fez ressurgir as Olimpíadas. Desde então, ao longo dos anos, a competição viaja por diferentes países e continentes:

1896 – Atenas (Grécia), marca o nascimento dos Jogos Olímpicos Modernos

1900 – Olimpíadas de Paris (França)

1904 – Olimpíadas de St. Louis (EUA)

1906 – Olimpíadas de Atenas (Grécia), para celebrar o aniversário de 10 anos do seu renascimento

1908 – Londres (Inglaterra) recebe os primeiros Jogos Olímpicos de Inverno

1911 –Os Jogos Olímpicos são divididos em Jogos de Inverno e Jogos de Verão

1912 – Jogos Olímpicos de Verão de Estocolmo (Suécia)

1916 – Olimpíadas de Berlim (Alemanha) são canceladas por causa da I Guerra Mundial

1920 – Olimpíadas de Antwerp (Bélgica, Jogos de Verão). A bandeira olímpica é hasteada pela primeira vez

1924 – Olimpíadas de Paris, Jogos de Inverno, e de Chamonix, Jogos de Verão (França). ‘Citius, Altius, Fortius’ (Mais rápido, mais alto, mais forte) torna-se o lema oficial das Olimpíadas. Acontecem as primeiras transmissões de rádio ao vivo dos Jogos.

1928 – Olimpíadas de Amsterdã (Holanda, Jogos de Verão) e de Saint Moritz (Suíça, Jogos de Inverno). Pela primeira vez, a Chama Olímpica é mantida acesa durante todo o evento e a Grécia conduz a parada das nações

1932 – Olimpíadas de Los Angeles (EUA, Jogos de Verão) e de Lake Placid (EUA, Jogos de Inverno). O logo das Olimpíadas é introduzido.

1936 – Olimpíadas de Berlim (Alemanha, Jogos de Verão) e de Garmisch- Partenkirchen (Alemanha, Jogos de Inverno). Os Jogos são televisionados pela primeira vez.

1940 – Olimpíadas do Japão são canceladas devido à II Guerra Mundial.

1944 – Olimpíadas de Londres são canceladas devido à II Guerra Mundial.

1948 – Olimpíadas de Londres (Inglaterra, Jogos de Verão) e de Saint Moritz (Suíça, Jogos de Inverno).

1952 – Olimpíadas de Helsinque (Finlândia, Jogos de Verão) e de Oslo (Norway, Jogos de Inverno).

1956 – Olimpíadas de Melbourne (Austrália, Jogos de Verão) e de Cortina d’Ampezzo (Itália, Jogos de Inverno).

1958 – O Hino Olímpico é adotado pelo Comitê Internacional Olímpico como símbolo do evento.

1960 – Olimpíadas de Roma (Itália, Jogos de Verão) e de Squaw Valley (EUA, Jogos de Inverno). Primeiras transmissões televisivas para todo o mundo, e ao vivo, dos Jogos.

1964 – Olimpíadas de Tóquio (Japão, Jogos de Verão) e de Innsbruck (Áustria, Jogos de Inverno).

1968 – Olimpíadas da Cidade do México (México, Jogos de Verão) e de Grenoble (França, Jogos de Inverno). Norma Enriqueta Basilio torna-se a primeira mulher a acender a Chama Olímpica. Um jaguar vermelho torna-se o primeiro mascote oficial das Olimpíadas.

1972 – Olimpíadas de Munique (Almenha, Jogos de Verão) e de Sapporo (Japão, Jogos de Inverno).

1976 – Olimpíadas de Montreal (Canadá, Jogos de Verão) e de Innsbruck (Áustria, Jogos de Inverno).

1980 – Olimpíadas de Moscou (Rússia, Jogos de Verão) e de Lake Placid (EUA, Jogos de Inverno).

1984 – Olimpíadas de Los Angeles (EUA, Jogos de Verão) e de Sarajevo (Bósnia, Jogos de Inverno).

1988 – Olimpíadas de Seul (Coréia, Jogos de Verão) e de Calgary (Canadá, Jogos de Inverno).

1992 – Olimpíadas de Barcelona (Espanha, Jogos de Verão) e de Albertville (França, Jogos de Inverno).

1994 – Olimpíadas de Lillehammer (Noruega, Jogos de Inverno). Fica estabelecido que os Jogos Olímpicos de Inverno e Verão acontecerão em anos alternados.

1996 – Olimpíadas de Atlanta (EUA, Jogos de Verão).

1998 – Olimpíadas de Nagano (Japão, Jogos de Inverno).

2000 – Olimpíadas de Sydney (Austrália, Jogos de Verão).

2002 – Olimpíadas de Salt Lake City (EUA, Jogos de Inverno).

2004 – Olimpíadas de Atenas (Grécia, Jogos de Verão).

2006 – Olimpíadas de Torino (Itália, Jogos de Inverno).

2008 – Olimpíadas de Pequim (China, Jogos de Verão). 

2010 – Olimpíadas de Torono (Canadá)

2012 – ( Olimpíadas de Londres (Reino Unido) 

http://www.brasilwiki.com.br/noticia.php?id_noticia=4809

Fonte (parte) Revista Época


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: