Publicado por: mirnacavalcanti | 9 de agosto de 2012

O marido por uma garrafa de vinho


Queridos amigos,

 

 Eu me diverti ao  ler este conto, no site  http://1funny.com/bottle-of-wine  .  Desconheço o autor.

 Ah! Informo-lhes que a mulher navajo fala  “broken English” ,  ou seja,  um inglês truncado’   Falou pouco mas o que disse, é  engraçado , apesar de ‘seco’  e,  em alguns casos, verdadeiro.

 

Mirna Cavalcanti                                                                                                                                                                                                                            Rio de Janeiro, 09 de agosto de 2012.

 

O  marido por uma garrafa de vinho

                                                                           “My opinion of men is that if they don’t work, forget them” (*).

 

Sally estava dirigindo para casa, voltando de uma de suas viagens de negócios no Norte do Arizona, quando viu uma  idosa  mulher navajo caminhando na beira da estrada.

Como a viagem era longa e tranqiila, ela parou o carro e perguntou-lhe se ela aceitaria  uma carona.

Com um aceno silencioso de agradecimento, a india entrou no carro.

Retomando o percurso,  e estando a viagem enfadonha, Sally tentou em vão ‘puxar’  conversa com a  agora sua companheira de viagem.  Em vão. Ela  se mantinha em  silêncio e mantinha  o olhar fixo na paisagem que se descortinava pela janela do carro enquanto  este percorria a estrada…   Enfim, doendo-lhe o pescoço pelo fato de tanto olhar para um só lado, virou a cabeça para a esquerda e  viu um saco de papel pardo, ao lado do assento de Sally.

“O  –  que  –   no  –  saco?”,  perguntou a velha denotando curiosidade na voz.

Sally olhou para o saco marrom e respondeu-lhe delicadamente: ‘É uma garrafa de vinho. Ganhei para o meu marido. “(**)

A mulher Navajo ficou em silêncio por uns poucos instantes, após os quais, falou  com a  calma sabedoria sabedoria que caracteriza muitos anciãos:

“Bom  –  negócio.”

 

 

 

(*) Pensamento de Lupita –  Os que estiverem interessados em  ler sua história verdadeira: http://americanindianoriginals.com/navajo-oldwoman.html

(**)Conclui-se que a índia havia entendido que Sally havia ‘trocado’ o marido pela garrafa de vinho.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: