Publicado por: mirnacavalcanti | 9 de julho de 2012

O mal deve ser combatido sem tréguas


             Um elevado nível de consciência conecta nossas raízes ao Cosmos, ao Todo”

 

 

ANTE SCRIPTUM

Sou uma ávida  leitora de História.    Tenho dela extraído lições de vida.  Jamais  soube – em toda a História da Humanidade – de pessoas que tenham combatido o mal e não tenham sido vistas como ‘diferentes’ por aqueles que deveriam ser seus ‘semelhantes’ ( na verdade, podem sê-lo apenas na aparência)…  Esses aparentes semelhantes geralmente tentam fazer com que os demais delas desacreditem;  por vezes, perseguem-nas   como podem, tentam denegrir sua imagem… E,  na sua medíocre forma egótica de pensar invejam-nas.  

Esquecem-se que o bem sempre vence a guerra (fato este historicamente também comprovado ). Tampouco lhes passa pelas pequenas mentes – que se quisessem, poderiam melhorar como seres …

Por isso hoje escrevo o que abaixo se segue.

Mirna Cavalcanti 

 

 

O mal  deve ser combatido sem tréguas

 

 

Ao acordar e abrir o PC, li hoje esta mensagem:

JESUS não nos mandou domarmos serpentes, mas esmagarmos suas cabeças, pois reresentam o mal.  Não sejas pois, com ele complacente: serás envenenado!”

 

Pus-me a pensar sobre o assunto. Jamais fui ‘complacente’ com atos de meus semelhantes que não condizentes aos Princípios e Valores que devem nortear as vidas dos seres de bem. Ao contrário: tenho combatido o mal sob todas as formas e em todas as pessoas que se encontram; triste é constatar serem muitas.

Cabe aqui transcrever: “Fiz-me, acaso, vosso inimigo, dizendo a verdade?”(Gl. 4:14-16)...   Óbvio: a verdade incomoda os ímpios, não lhes é ‘vantajosa’, pois revela o que tentam inutilmente esconder: sua verdadeira natureza – quem realmente são – e não a falsa imagem que projetam na sociedade. Quem por ela luta pode ser perseguido e, certamente discriminado.

 Desde menina minhas posições são firmes, determinadas e, mesmo sabendo que essa luta só terminará com minha morte, dela não desisto. Se o fizesse, estaria traindo a mim mesma: à pessoa que sou, à pessoa que tento aprimorar durante o passar dos dias.

 Sou muito amada e muito odiada. ‘Amada’ pelos que a mim se assemelham; ‘odiada’ pelos que combato com as ‘armas’ que possuo. Tenho caído, sim, mas a cada queda me levanto ainda mais forte, com mais ânimo ainda para seguir, renovada, o Caminho.

 Nada nem a ninguém temo, a não ser minha consciência se desse Caminho, por circunstâncias da humana condição me afasto… Falhas que não deveriam ocorrer – mas ocorrem para todos nós…

Para que não me interpretem mal: não faço coisa alguma que possa prejudicar a quem quer que seja, ou afronte as leis – justas- existentes ou mesmo a Ética.

Não devo explicações a pessoa alguma – nem a ninguém foi  dado o direito de julgar-me – muito menos condenar-me e menos ainda ser meu algoz . 

Perdão peço ao Pai e,  com sua ajuda, prossigo de fronte erguida, pela senda que a mim foi destinada mesmo antes de ter nascido.

 

Sigo vivendo – e feliz comigo mesma – em um mundo no qual à maioria dos seres não foi dado o que a mim tem sido sempre concedido como ‘graça’.

 

 

 

Mirna Cavalcanti de Albuquerque Pinto da Cunha                                                                                                                                                   Rio de Janeiro, 09 de Julho de 2012. 

Anúncios

Responses

  1. Isto sim amiga é um belo trabalho, parabéns! Gostei muito, bom dia com amor e paz e, seja feliz!

    • Caro amigo GELCI CARLOS ABREU

      Muitíssimo obrigada pelo elogio.
      Escrevi , como usualmente, o que sinto e penso e… como sou e como vivo. Se gostaste, estou feliz, pois assim, mais uma ponte foi construida e uniu-me a mais uma criatura sensível: tu.

      Escrevi agora um AnteScriptum para completar. ESpero Gostes.

      Que esta semana que se inicia seja para ti e os teus, plena em realizações positivas, saúde e paz!

      Fraternal abraço,

      Mirna.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: