Publicado por: mirnacavalcanti | 19 de junho de 2012

“Relativismo Moral”



Compreender é diferente de aceitar. No entanto, rejeitar ou acatar sem antes ter compreendido é preconceito. Mario Sergio Cortella 

ONDE a Ética? 

Hoje ouvi pequena-grande palestra de Mario Sergio Cortella, que me levou a pensar analítica  e sinteticamente.

Grande parte das pessoas ocupa-se da vida de seus semelhantes – e de forma imprópria.

Tudo que ocorre teve uma origem, uma causa, um fundamento – ou é uma reação a um fato acontecido ou a algum ato de alguém. ‘Nada é por acaso’…

Certo é que há agires condenáveis, pois não balizados pela Ética.  Cada um de nós tem seu próprio código de Ética pessoal. Carrega em si como um DNA Moral. Muito influenciado pelo meio e educação, no entanto, é o ‘livre arbítrio’ que decide as ações humanas. 

Fatos há que para uns é ‘normal’ (receber propinas, percentagens, fazer negociatas , etc…) – enquanto para outros, agir dessa forma é inaceitável.

A sociedade humana é composta por criaturas de toda a espécie.                                                                                                                           Assim como a água não se mistura com o azeite, mas podem estar no mesmo jarro, igualmente, essas pessoas mencionadas retro não se podem ‘misturar’ às outras: mas estão no mesmo jarro convivendo no trabalho, na escola, no prédio, etc…

Se houver direitos ofendidos ou desrespeitados (e os há) – o caminho é o Judicial. Deixe-se para os juízes a nobre missão de ‘distribuir justiça’

Fecho esta pequena digressão, pois o foco da palestra ora comentada é a Ética, o entendimento da mesma e até onde deve ser aceita ou  tolerada – sua falta.

 É comum para muitos seres, o preconceito, o prejulgamento, a acusação e mesmo a ‘condenação’ de seus semelhantes, sem sequer dar-lhes a chance do ‘contraditório’.  

Todos atos têm uma causa…  Até onde essa causa deve ser aceita é o que devemos considerar.

 

Indico-lhes ouvir o professor  Cortella (*),  pois será de valia para todos.

Se jovens, para orientar suas vidas nesse sentido. Se mais velhos, para prestar atenção em como estão vivendo e, se for o caso, mudar essa sua orientação de pensamento e, pois, de vida

 

Não cabe a nenhum de nós pensarmos ter o direito de julgar  nossos semelhantes.

 

Mirna Cavalcanti de Albuquerque                                                                                                                                                                                                      Rio de Janeiro, 19 de Junho de 2012

(*) http://cbn.globoradio.globo.com/comentaristas/mario-sergio-cortella/2012/06/19/E-PRECISO-TER-CAUTELA-COM-O-RELATIVISMO-MORAL.htm

Anúncios

Responses

  1. Caríssima, segui seu conselho e ouvi o prof. Cortella. Tens razão, é bom prestarmos atenção na forma como estamos vivendo. Parece que de repente a gente se esquece. Convém lembrar sempre. Obrigado por nos presentear sempre, ou com seus contos, pensamentos, poesias ou com conselhos como este.

    • WALDIR, boas noite!

      Nada tens a agradecer-me.

      Quando leio ou ouço o que penso ser importante, tenho prazer em dividir com os demais.
      A vida deve ser pensada, repensada TODOS os dias… é por demais curto o período que cá passamos. Quando imaginamos sabemos alguma coisa… é que vemos o quanto ainda falta sabermos e, o que é real: JAMAIS saberemos tudo o que queremos – não nesta Dimensão.

      Assim, amigo Waldir:
      O ‘convite’ que fiz, vale para sempre: visita-me, e comenta. É um prazer responder-te.

      Uma noite iluminada, com a proteção dos anjos do Senhor!

      Mirna.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: