Publicado por: mirnacavalcanti | 2 de junho de 2012

AMIGOS: ‘virtuais’ e reais: não há diferença


A amizade é relação-sentimento que o tempo solidifica em dedicação, sinceridade e similitude entre os seres. 

            (Artigo dedicado a Maria Clark)                                                                                                           

 

 

 

 

PREÂMBULO

Hoje indico-lhes a leitura de artigo que escrevi há mais de dois anos para MARIA CLARK, após ter recebido dela significativa mensagem sobre ‘amigos’.

Respondi-lhe então o e-mail, e, por ser assunto importante, vez tratar de uma das mais lindas e fortes relações humanas, reenviei-o para os demais amigos todos, REAIS e VIRTUAIS , assim como para os ‘falsos amigos’ , pois infelizmente os há…

Para todos, no entanto, desejo Saúde, Paz Alegria e um Domingo e semana felizes, plenos em realizações positivas!

Hoje, 02 de Agosto,  em consideração – e especialmente ao fato de o número de amigos estar aumentando com o passar dos dias – e para que venham a conhecer-me um pouco mais, reeditei o artigo, pois revela o que penso e sinto.  O Senhor Tempo, meus sentires só tem  aprimorado… Meus pensares mantém vívida e forte sua essência primária e fundamental. A forma como os expesso, no entanto, adaptam-nos às circunstâncias, pois significa minha evolução como ser: o que tenho buscado desde que comecei a pensar sobre assuntos primordiais, ainda na adolescência.

Mirna Cavalcanti de Albuquerque                                                                                                                                                               Rio de Janeiro, 02 de Agosto de 2014

 

 

 

Muito querida amiga MARIA CLARK,

Primeiramente agradeço-te comovida esta mensagem.

No mundo presente,  a falsidade, a mentira, a traição, a inveja – enfim: todos os sentimentos menores, mesquinhos mesmo, inerentes que são a muitas das  criaturas que se imaginam humanas –  crescem exponencialmente – e suplantam as verdadeiras e positivas ‘qualidades’  que deveriam caracterizar-nos a todos. Refiro-me, entre outras, especialmente à dignidade, amizade, respeito, consideração, solidariedade, compaixão, entendimento, perdão, amor…

Assim, querida MARIA CLARK, ser lembrada – e considerada por ti, como ‘amiga’, torna meu coração feliz, pois comprova que sou boa e cuidadosa semeadora: tenho lançado sementes também em solo fértil – nem todas se perderam ou serviram de alimento aos insetos e aos pássaros

“Lanço sementes pelo Caminho” é uma de minhas poesias (*).  Tenho sido  jardineira do dia-a-dia  ... é minha dileta ‘profissão’ , mais do que qualquer outra  pois, não sendo perfeita (longe, aliás,  estou da perfeção!)  tento aprimorar-me como Ser. Alguns entendem  e correspondem; outros, não têm este alcance… A respeito destes, nada posso fazer. Algumas vezes,(várias até…)  tentei mostrar-lhes o caminho , insisti, persisti… Esforço em vão… Cansei, pois de nada adianta semear em terra estéril; de nada adianta semear em meio às pedras, ou aos espinhos… Mesmo em terra fértil, há que cuidar com carinho das sementes que, no ventre da terra germinam, vindo a irromper em frágeis brotos  surgindo, no curso de seu desenvolvimento, os primeiros tenros rebrotos, depois as flores … Mas, para que cheguem a frutificar, há que aguá-las, estaqueá-las, fertilizar a terra em que estão e da qual dependem… (Cf Mateus. 13)

Chego a ser amiga de pessoas que provavelmente jamais verei… Mas tento sempre, para algumas (ou mesmo um grande número delas) fazer algo que lhes possa beneficiar. Nem todos meus esforços logram êxito, pois o desfecho não depende de mim. Tenho, no entanto , a consciência tranquila do fato de que sempre dou o melhor de mim.

Fecho este pequeno-grande assunto  metafórico e sigo com o foco: ”amizade”…

Como tudo, a amizade demanda dedicação para que se mantenha, evolua, solidifique-se.

Muitos não acreditam em amizades virtuais. No entanto, tenho muitos amigos virtuais que são mais reais e presentes do que os poucos que possuo na vida real.

Os virtuais sabem de meus sonhos e conhecem minhas idéias, pois são aqueles a matéria prima do que escrevo – seja em prosa, poesia, contos, crônicas ou mesmo artigos sobre assuntos outros que, em grande parte, versam a respeito dos direitos que temos como cidadãos de um país livre.

Assim, tenho conhecido muitas pessoas e escrito artigos já sem conta  na defesa frontal de seus/nossos interesses e direitos – quase sempre, desrespeitados por esses governos todos que temos tido nestas últimas décadas – sem exceção qualquer que seja.

Ao postar-me em defesa dos aposentados e pensionistas do RGPS, ao cerrar fileiras junto aos ex-empregados da VARIG e participantes do AERUS e de outras fundações de seguridade social, ao requerer a internação de doentes em hospitais do governo, ao atuar gratuita e amorosamente como profissional (seja advogada, seja professora,seja orientadora )   tenho entrado em contato com criaturas de coragem, dignidade, ética… verdadeiras  guerreiras,  que nem mesmo a idade, as vicissitudes, as doenças, o desprezo dos governos em geral,  foram capazes de abater-lhes o ânimo a ponto de deixar de lutar por seus direitos. É verdade: são vítimas de  desgovernos que, desumanos, atuam em causa própria, muitos populistas (à busca de votos) ,  deixando  o povo entregue à própria sorte e, por isto, muitas dessas pessoas valentes têm falecido durante os anos de duros e desiguais embates que são obrigados a travar…  

Quando escrevo sobre o que faço, o que busco, podem muitos ‘outsiders’ pensar: ” a Mirna ainda acredita,,, isso é utopia…”  NÃO, amigos ! Não é utopia, mas  sonho! Difícil sim, de ser alcançado,  mas devemos todos, por solidariedade que seja,  assim ‘sonhar’…    Eu, aos meus sonhos acalento, os alimento com o trabalho todo que tenho realizado  há décadas, faço projetos e o possível para implementá-los … Certa estou de que os sonhos podem tornar-se realidade. Pois não há uma só grande descoberta ou criação (artística ou não) da humanidade que não tenha sido oriunda da alma e da cabeça de um ser que sabia sonhar…  Ora, se ‘grandes descobertas’, se obras de arte magníficas foram  imaginadas e elaboradas JUSTAMENTE por causa dos  geniais sonhadores, porque não acreditar que também nós, como simples humanos, não podemos agir para  simplesmente melhorar a nós mesmos e influir positivamente nos pensamentos dos que conhecemos –  pessoal e/ou virtualmente ?…  Eu ainda creio ser isso possível – se houver vontade e entendimento e fé. EU CREIO!!!

Enquanto isso, vou vivendo feliz e com fé, pensando em um futuro melhor não só para os meus conterrâncos, mas para a humanidade. Projeto megalômano? NÃO! Não se nos dispusermos com afinco a alcançá-lo… Não se  nos esforçarmos e vivenciarmos o sonho em si…                                                                                Lembro-me, a respeito, do que Sancho disse a Don Quixote, desiludido (já em seu leito de morte) de tudo o que almejara e não conseguira fazer durante sua  vida – pois tudo ( só então se dera conta) não passara de um sonho. Disse-lhe então, com os olhos marejados, seu fiel escudeiro: “Mas os sonhos, mestre, os sonhos, eram realidade!

Bem… se meus sonhos não se  realizarem,  mesmo assim, em meu coração continuarão a ser reais, pois por eles vivo e meus agires , ao fim e ao cabo, considero uma verdaderia e divina missão para a qual o própio Criador me designou!

Mirna Cavalcanti de Albuquerque

                                                                                                                                                                                                    Rio de Janeiro, 2 de Junho de 2012

 

POSTSCRIPTUM

Dirijo-me agora aos pouquíssimas falsos amigos: aos ‘sonsos’, aos‘santinhos’, aos hipócritas, aos mentirosos, aos que, ao colocar nos rostos a persona  têm-se  ‘feito passar por meus amigos  no mundo real’.

Infelizes criaturas!   São ardilosas, intrigantes, mal resolvidas, a maioria, por demais pérfidas… Têm-no demonstrado no transcorrer dos anos….   E eu, sem mais o ‘direito à ingenuidade’, por muito tempo acreditei serem sinceras. Não mais.

De nada adiantou ter-lhes renovado, reiterado  oportunidades de se ‘emendarem’… São pessoas  pequenas demais para entender… Algumas já estão – e têm sido castigadas pelo destino…

Sugiro-lhes sinceramente penalizada: tentem crescer como seres humanos! Roguem a Deus por Seu perdão e modifiquem seus agires. Cedo ou tarde o remorso um dia lhes virá e, mais duro ainda será quando começarem a pagar suas dívidas (pois o JUIZ dos juízes está a computar suas faltas, suas atuações dolosas – mesmo criminosas)… podem estar certos de que por elas  responderão… Tenho pedido a Deus , em preces, por todos vocês (confesso que não tem sido fácil,  mas o tenho feito…)

Eu lhes desculpo por todo o mal que me causaram e mesmo pelo que estão pretendendo causar-me: não obterão êxito. Desistam – sempre há tempo para o arrependimento sincero.

Mirna Cavalcanti

 (*) Poesia encontrada em ‘n’ sites. Indico-lhes  apenas:

www.mirnacavalcanti.wordpress.com,

http://www.direitossociaisnegados.blospot.com,

http://pt.netlog.com/mirnacavalcanti/blog,

http://www.recantodasletras.com.br,

http://www.becodospoetas.com.br,

http://www.poesias.omelhordaweb.com.br,

http://www.paralerepensar.com.br,

http://www.autores.com.br,

www.talentos.wiki.com.brhttp://www.brasilwiki.com.br  (O primeiro não mais está em atividade); o segundo, ainda mantém suas páginas na internet. 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Responses

  1. Mirna, muito me comoveu o que escreveu.Eu muitas vezes não correspondo ao que você envia,mas com todo o coração você está sempre presente na minha mente.
    Recupero-me de um infarto ,mas já estou fazendo meus envios pela internet ,mas não posso ainda fazer muita coisa.
    Estou bem,fazendo minhas caminhadas e procurando uma atitude mais positiva para não me deixar influenciar pelo infarto.
    Enfim,você é uma pérola de criatura, sempre com palavras docês mas sinceras com relação a vida e as pessoas.
    Quisera eu escrever tão bem quanto você.
    Confirmo o que disse com relação as pessoas e mulheres, é perfeito.
    Eu alinhavo palavras, e você as escreve.
    Mais uma vez todo o meu carinho para você.
    Bjs e bom fim de semana.
    Lembrei-me agora que li qualquer coisa de que você é csada com um Clark.É verdaade?
    Bjs.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: