Publicado por: mirnacavalcanti | 16 de dezembro de 2011

Hora de não escrever versos


 

                                                                                                                        

Viajando ao sabor dos puros sentimentos,  voltei por instantes no tempo: novamente à cândida criança!!!

Viajando ao sabor dos puros sentimentos, voltei por instantes no tempo: novamente à cândida criança!!!

 

Olhava sonhadora o horizonte,

o azul céu de nuvens de algodão.

Ao longe,  os verdes montes,

árvores floridas, folhas no chão.

Cheiro de mato, de terra molhada.

Pássaros, borboletas, flores

perfumadas de todas as cores…

Beleza à volta, na alma, alegria,

Devaneios, paz dos tempos de guria…

 

Assim … pensamentos dispersos,

não era hora de escrever versos!

 

Mirna  Cavalcanti

Rio de Janeiro, 16 de Dezembro de 2011

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: