Publicado por: mirnacavalcanti | 11 de agosto de 2010

APOSENTADOS: COMO GARANTIR O “AUMENTO REAL’ PARA 2011?


Nada vai bem em um governo cujas palavras contradizem os fatos”(Napoleão Bonaparte)

A realidade tem que ser compatível com as palavras - em qualquer tempo - em qualquer Estado.

A realidade tem que ser compatível com as palavras - em qualquer tempo - em qualquer Estado.

Nada vai bem em um governo cujas palavras contradizem os fatos“(Napoleão Bonaparte)

Após ter lido que Lula sancionara a lei de Diretrizes orçamentárias – LDO – e já publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (10)  mas deixou em aberto a política de aumento real do salário mínimo para o triênio 2011, 2012 e 2013.

Essa Lei prevê média da taxa Selic entre 8,71% e 8,79% e ainda oresume o governo que o país deve crescer 5,5% ao, entre 2011 e 2013.

Um dos trechos que mais me chamou á atenção é o que se refere aos reajustes dos benefícios da seguridade social:

“… garantindo-se aumento real do salário mínimo equivalente à taxa de variação real do PIB de 2009 ou segundo outra sistemática que venha a ser estabelecida em legislação superveniente”.

Essa conjunção alternativa ou  preocupa-me sobremaneira.

Isso pelo fato de que tema assim de tão elevada importância, deixa claro que será motivo de ’debates’ e (sic)  entre o governo, o legislativo “em articulação com as centrais sindicais“. Determina ainda siga orientação idêntica para a “política de ganhos reais aplicável às aposentadorias e pensões do Fundo do Regime Geral de Previdência Social“, que também será acertada com representantes das organizações dos aposentados“.

Ora, nada mais inseguro para o trabalhador e para o aposentado, por diversas razões.

1 – A primeira, é que “também será acertada com representantes das organizações dos aposentados“.

2 – A segunda, é que, consoante determinação legal, as negociações a respeito  do aumento do mínimo, devem partir do princípio da variação real do Produto Interno Bruto (PIB).
Isto pelo fato  de que a lei considera a variação do PIB de 2009 ter sido negativo, com se lê:                                         

 “Do reajuste dos benefícios da seguridade social (…), garantindo-se aumento real do salário mínimo equivalente à taxa de variação real do PIB de 2009 ou segundo outra sistemática que venha a ser estabelecida em legislação superveniente“.

Extrai-se da leitura dos pequenos trechos transcritos  acima, que tudo dependerá do ’SE’ e das reuniões com o Executivo, o Legislativo e as representantes das organizações dos aposentados“.

Ora, nada mais flutuante, nada mais incerto. Ninguém tem uma ’bola de cristal’ para poder adivinhar de quanto será o crescimento do PIB e até mesmo SE crescerá…

E mais: é preocupante pelo fato de que e tendo ainda em vista o ’legado’ de Lula para seu sucessor é uma dívida de 90 bilhões.

Pensemos: os representantes dos aposentados , com respeito aos esforços envidados, agiram de forma fraca,pois, na verdade, pouco ou nada conseguiram em benefício da classe que representam e a a maioria fica a alardear as ’grandes vitórias’...

ONDE A ’VITÓRIA’, SENHORES ? Onde?                                                   O fator previdenciário permaneceu.                                        O aumento real foi irreal.

E AINDA PEDEM PARA OS APOSENTADOS PRESSIONAREM O CONGRESSO – para que este atue naquilo que é de sua competência e dever?

Aos senhores representantes dos aposentados de todas as entidades:

– isso cabe aos senhores, que estão sempre que necessário em Brasilia, que recebem uma soma elevada das contribuições compulsórias (descontos diretos do INSS?).

NÃO QUERO SER SINDICALIZADA. REPRESENTO A MIM MESMA. E PENSO QUE TODOS OS APOSENTADOS DEVERIAM SOLICITAR NÃO LHES SEJA DESCONTADA TAL CONTRIBUIÇÃO, POIS , ATÉ ONDE SEI, QUAIS SÃO OS PROVEITOS QUE TÊM TIRADO DE PERTENCEREM À ESSAS ASSOCIAÇÕES? Se alguém souber – se benesses houver, por gentileza, digam-me, pois não pretendo ser injusta. Tenho estado atenata a tudo que recebo e leio e, lamento asserir: nada tenho visto que realmente possa ser significado como atuação forte, incisiva, objetiva, perpendicular, e de busca que realmente tenha sido obtido? O ’aumento’ não foi ’aumento – simples e pífio reajustamento. Essa é a verdade.

Amigos aposentados todos ! Estou generalizando – sei que há muitos dos senhores representantes de sindicatos, federações, etc. que são sérios, responsáveis, mas já se perguntaram sobre os valores totais que, mês a mês, cada sindicato leva – e já puderam examinar como este dinheiro tem sido gasto? Isso seria – é importante.

Dentre os senhores aposentados, deve haver contadores bons que deveriam formar um grupo para auditarem as contas todas dessas entidades.

Por outro lado, já requeri auditorias oficialmente, do TCU na Seguridade Social – se obterei – ou não, só Deus sabe. Assim, com respeito aos que lhes representam, há também que haver uma fiscalização, Essa é a forma correta de agir.

Crescimento do PIB de 5,5%
Li, também no  texto da LDO, também foram estipuladas a política de juros para os próximos três anos e as estimativas de crescimento do PIB no mesmo período.Após o período de desaceleração ao final de 2008 e início de 2009, a economia retomou a trajetória de crescimento sustentado do PIB, estimado em 5,5% para o triênio 2011-2013″, e isso foi destacado pelo governo no texto da norma.

Afirma  outrossim que as estimativas de taxa de câmbio apontam para relativa estabilidade no período, com a Taxa Selic variando entre 8,71% ao ano, em 2011 e 2012, a 8,79%, em 2013:Espera-se, ainda, que o comportamento das taxas de inflação se mantenha consistente com a meta fixada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), permitindo, portanto, que a taxa de juros permaneça fixa durante todo o período.”

Atente-se para o fato de que as estimativas, foram definidas com base em um cenário de constante melhoria na economia mundial, como destaca o texto: “Cabe lembrar que essas projeções pressupõem a permanência de cenário externo com melhora gradual ao longo de 2010 e 2011, em linha com o previsto pelo mercado e por instituições internacionais, sem a ocorrência de choques adversos que afetem substancialmente a economia brasileira.”

Superavit
Para 2011, a meta de superávit primário para o setor público não-financeiro é de R$ 125,5 bilhões, equivalente a 3,3% do PIB, mantido este percentual nos dois anos seguintes. A meta de superávit primário do governo central para 2011 é de R$ 81,8 bilhões, o que equivale a 2,15% do PIB, igual a prevista na lei de orçamento para 2010, mantendo tal percentual até 2013. Enquanto a  meta das empresas estatais federais, por sua vez, é de R$ 7,6 bilhões, ou 0,20% do PIB. Assim, o superávit primário do governo federal será de 2,35% do PIB para o referido triênio, correspondendo, em 2011, a R$ 89,4 bilhões.

Lembrou-me VACCAREZZA e sua preocupação para tentar justificar a razão de o fator previdenciário… como é gratificante saber-se que políticos se preocupam tanto com as finanças deste país  Ao ler que:

“É de se mencionar que, segundo o compromisso do governo com o equilíbrio fiscal, caso a estimativa de superávit primário de R$ 36,1 bilhões (0,95% do PIB) prevista no âmbito estadual e municipal não se verifique, esta será compensada pelo governo federal, de forma a atingir a meta global“…

Não sou desmancha prazer, pessimista, ou nada que nos possa colocar ’em baixo’. Muito pelo contrário. Sou uma otimista e sonhadora criatura que ainda acredita em milagres – os verdadeiros que, muitas das vezes acontecem, mas nossos olhos estão fechados e a alma também.Assim, não temos como vê-los.

As “garantias”  de Lula
No entanto, ’garantias’ quaisquer que sejam dadas por Lula ou mesmo pelos representante de Sindicatos, Federações, Confederações – como é este o caso, – ainda mais ’prometidas para depois das eleições,e tendo em visto os SEs   mencionados retro, flutuando ao sabor de ondas que podem ser calmas ou não, vez que independem de nós, e tendo ainda em vista o descabido e inaceitável ’legado’ de Lula para seu sucessor: uma dívida de 90 bilhões, “segundo estimativa da área técnica. Será um novo recorde, superando os R$ 72 bilhões de contas penduradas que passaram de 2009 para 2010. Essas despesas que passam de um ano para outro são os chamados “restos a pagar” e ocorrem porque os ministérios muitas vezes contratam uma obra que não é concluída até dezembro. Como o governo se comprometeu a pagar a despesa, a conta acaba sendo jogada para o ano seguinte.

Os restos a pagar são uma ocorrência rotineira na administração pública, mas a conta se transformou numa bola de neve por causa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). À medida que as obras vão saindo do papel, o volume de despesas que ultrapassa o prazo de um ano vai aumentando, chegando ao ponto em que os restos a pagar são quase iguais ao total de investimentos previsto no ano.(*)

A realidade
Houve dinheiro para todos os empréstimos, doações e o mais, como o aumento de mais de 30% para os próprios congressistas, MAS NÃO HOUVE DINHEIRO PARA OS APOSENTADOS. ISSO ME PARECE- NO MÍNIMO ESTRANHO. Há dinheiro para os representantes do povo, os ’poderosos’(que já têm, além dos salários elevadíssimos, benesses desnecessárias e por isso, abusivos e desrespeitosos para os outros, os cidadãos comuns, NÓS – o povo – justamente componentes da população de eleitores. HÁ PARA ELES, NÃO PARA NÓS.

Isso  pode até ser considerado – no mínimo, como preconceito.

QUAL É O CRITÉRIO É USADO?
AS DOAÇÕES E OS PERDÕES

 

HOUVE – OU MELHOR: DEIXOU DE ENTRAR – O QUE PODE SER CONSIDERADO COMO ’PERDA’- TODOS OS DINHEIROS QUE OS PAISES TODOS OS QUAIS  LULA ’PERDOOU ’AS DÍVIDAS, COM O BENEPLÁCITO DO CONGRESSO. NÃO SEI EM QUANTO MONTA. MAS DEVE SER SOMA ELEVADÍSSIMA.
O benemérito presidente do Brasil, como se aqui não houvesse pessoas necessitadas, SAIU A VOAR MUNDO AFORA, NOS AEROLULAS I e II, visitando quase todos os países e resolveu bancar o Papai Noel com o dinheiro do Estado.
Não sou contra ajudas humanitárias aos que necessitam. Mas só pode assim agir, quem tem não deveria agir quem não tem, mas tira dos cofres estatais o que deveria, por Direito e Justiça, ser destinado aos necessitados do país que preside.
Não é ’desvestindo um santo para vestir outro” que os problemas são solucionados.
Mesmo com bolsas de toda espécie, há muitos brasileiros em situação de extrema miséria.

Há muitos hospitais sem leitos, médicos e remédios.

Há muitas pessoas que, doentes, necessitam de remédios caríssimos para poderem sobreviver e o Estado – que têm a obrigação de suprir suas farmácias, não os fornece, tendo os pobres dos doentes – ou pessoas por eles indicadas, que recorrerem à Justiça para que tal seja feito. Todavia, para que tal ocorra, quem necessita dos remédios, tem ainda que recorrer à Justiça,o que é,no mínimo,desconfortável, pois obriga ao deslocamento do local onde moram, o que pode ser até mesmo doloroso e, quando acamados, impossível

 

Por outro lado,nossas estradas estão em estado lastimável e têm causado muitos óbitos. Nossos aeroportos, idem… o mesmo com as vias férreas. As que ainda estão funcionando, o fazem em péssimo estado. O metrô, sempre com gente demais, para vagões de menos.Alagamentos em muitas cidades do Brasil…

 

SINCERAMENTE, NÓS também ESTAMOS PRECISANDO DE AJUDA e o PRESIDENTE,  agora internacional, imaginando, querendo, buscando, procurando algum cargo  em organismo  mundial qualquer que seja, dá uma de bonzinho e deixa-nos a ver navios…

 

Reservo-me sim , a desacreeditar. Há muitos “SEs” …

.

 Quem entende de cálculo das probabilidades sabe muito bem que. em assim sendo, o que está dito:

Aumento real das aposentadorias garantido para 2011″, carece de  credibilidade. É afirmação inverídica.

Mais uma dentre as muitas irresponsáveis garantias que nada garantem…

É só ler atentamente o texto assinado por Lula

Finalizo, indagando ao senhor Warleu Martins, presidente da COPAB: onde está  então a “garantia do aumento real” ao qual VS. referiu-se quando afirmou:

“Ainda temos muitas lutas pela frente para conseguirmos de fato dignidade para nossa categoria, mas a garantia de um aumento real já pode ser considerada um avanço”.

Mirna Cavalcanti de Albuquerque                                                      OAB/RJ 004762

 (*) Encontrarão mais a respeito eacesando: http://www.estadao.com.br/                      
  (**)Leiam, a respeito:Mínimo e aposentado podem ficar sem ganho real em 2011, postado por mim em 24/12/2009″:

http://www.brasilwiki.com.br/printnews.php?id_noticia=18985:mpodem

Após ter lido que Lula sancionara a lei de Diretrizes orçamentárias – LDO – e já publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (10)  mas deixou em aberto a política de aumento real do salário mínimo para o triênio 2011, 2012 e 2013.

Essa Lei prevê média da taxa Selic entre 8,71% e 8,79% e ainda oresume o governo que o país deve crescer 5,5% ao, entre 2011 e 2013.

Um dos trechos que mais me chamou á atenção é o que se refere aos reajustes dos benefícios da seguridade social:

“… garantindo-se aumento real do salário mínimo equivalente à taxa de variação real do PIB de 2009 ou segundo outra sistemática que venha a ser estabelecida em legislação superveniente”.

Essa conjunção alternativa ou  preocupa-me sobremaneira.

Isso pelo fato de que tema assim de tão elevada importância, deixa claro que será motivo de ’debates’ e (sic)  entre o governo, o legislativo “em articulação com as centrais sindicais“. Determina ainda siga orientação idêntica para a “política de ganhos reais aplicável às aposentadorias e pensões do Fundo do Regime Geral de Previdência Social“, que também será acertada com representantes das organizações dos aposentados”.

Ora, nada mais inseguro para o trabalhador e para o aposentado, por diversas razões.

1 – A primeira, é que “também será acertada com representantes das organizações dos aposentados”.

2 – A segunda, é que, consoante determinação legal, as negociações a respeito  do aumento do mínimo, devem partir do princípio da variação real do Produto Interno Bruto (PIB).
Isto pelo fato  de que a lei considera a variação do PIB de 2009 ter sido negativo, com se lê:                                         

 “Do reajuste dos benefícios da seguridade social (…), garantindo-se aumento real do salário mínimo equivalente à taxa de variação real do PIB de 2009 ou segundo outra sistemática que venha a ser estabelecida em legislação superveniente“.

Extrai-se da leitura dos pequenos trechos transcritos  acima, que tudo dependerá do ’SE’ e das reuniões com o Executivo, o Legislativo e as representantes das organizações dos aposentados“.

Ora, nada mais flutuante, nada mais incerto. Ninguém tem uma ’bola de cristal’ para poder adivinhar de quanto será o crescimento do PIB e até mesmo SE crescerá…

E mais: é preocupante pelo fato de que e tendo ainda em vista o ’legado’ de Lula para seu sucessor é uma dívida de 90 bilhões.

Pensemos: os representantes dos aposentados , com respeito aos esforços envidados, agiram de forma fraca,pois, na verdade, pouco ou nada conseguiram em benefício da classe que representam e a a maioria fica a alardear as ’grandes vitórias’...

ONDE A ’VITÓRIA’, SENHORES ? Onde?                                                   O fator previdenciário permaneceu.                                        O aumento real foi irreal.

E AINDA PEDEM PARA OS APOSENTADOS PRESSIONAREM O CONGRESSO – para que este atue naquilo que é de sua competência e dever?

Aos senhores representantes dos aposentados de todas as entidades:

– isso cabe aos senhores, que estão sempre que necessário em Brasilia, que recebem uma soma elevada das contribuições compulsórias (descontos diretos do INSS?).

NÃO QUERO SER SINDICALIZADA. REPRESENTO A MIM MESMA. E PENSO QUE TODOS OS APOSENTADOS DEVERIAM SOLICITAR NÃO LHES SEJA DESCONTADA TAL CONTRIBUIÇÃO, POIS , ATÉ ONDE SEI, QUAIS SÃO OS PROVEITOS QUE TÊM TIRADO DE PERTENCEREM À ESSAS ASSOCIAÇÕES? Se alguém souber – se benesses houver, por gentileza, digam-me, pois não pretendo ser injusta. Tenho estado atenata a tudo que recebo e leio e, lamento asserir: nada tenho visto que realmente possa ser significado como atuação forte, incisiva, objetiva, perpendicular, e de busca que realmente tenha sido obtido? O ’aumento’ não foi ’aumento – simples e pífio reajustamento. Essa é a verdade.

Amigos aposentados todos ! Estou generalizando – sei que há muitos dos senhores representantes de sindicatos, federações, etc. que são sérios, responsáveis, mas já se perguntaram sobre os valores totais que, mês a mês, cada sindicato leva – e já puderam examinar como este dinheiro tem sido gasto? Isso seria – é importante.

Dentre os senhores aposentados, deve haver contadores bons que deveriam formar um grupo para auditarem as contas todas dessas entidades.

Por outro lado, já requeri auditorias oficialmente, do TCU na Seguridade Social – se obterei – ou não, só Deus sabe. Assim, com respeito aos que lhes representam, há também que haver uma fiscalização, Essa é a forma correta de agir.

Crescimento do PIB de 5,5%
Li, também no  texto da LDO, também foram estipuladas a política de juros para os próximos três anos e as estimativas de crescimento do PIB no mesmo período.Após o período de desaceleração ao final de 2008 e início de 2009, a economia retomou a trajetória de crescimento sustentado do PIB, estimado em 5,5% para o triênio 2011-2013″, e isso foi destacado pelo governo no texto da norma.

Afirma  outrossim que as estimativas de taxa de câmbio apontam para relativa estabilidade no período, com a Taxa Selic variando entre 8,71% ao ano, em 2011 e 2012, a 8,79%, em 2013:Espera-se, ainda, que o comportamento das taxas de inflação se mantenha consistente com a meta fixada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), permitindo, portanto, que a taxa de juros permaneça fixa durante todo o período.”

Atente-se para o fato de que as estimativas, foram definidas com base em um cenário de constante melhoria na economia mundial, como destaca o texto: “Cabe lembrar que essas projeções pressupõem a permanência de cenário externo com melhora gradual ao longo de 2010 e 2011, em linha com o previsto pelo mercado e por instituições internacionais, sem a ocorrência de choques adversos que afetem substancialmente a economia brasileira.”

Superavit
Para 2011, a meta de superávit primário para o setor público não-financeiro é de R$ 125,5 bilhões, equivalente a 3,3% do PIB, mantido este percentual nos dois anos seguintes. A meta de superávit primário do governo central para 2011 é de R$ 81,8 bilhões, o que equivale a 2,15% do PIB, igual a prevista na lei de orçamento para 2010, mantendo tal percentual até 2013. Enquanto a  meta das empresas estatais federais, por sua vez, é de R$ 7,6 bilhões, ou 0,20% do PIB. Assim, o superávit primário do governo federal será de 2,35% do PIB para o referido triênio, correspondendo, em 2011, a R$ 89,4 bilhões.

Lembrou-me VACCAREZZA e sua preocupação para tentar justificar a razão de o fator previdenciário… como é gratificante saber-se que políticos se preocupam tanto com as finanças deste país  Ao ler que:

“É de se mencionar que, segundo o compromisso do governo com o equilíbrio fiscal, caso a estimativa de superávit primário de R$ 36,1 bilhões (0,95% do PIB) prevista no âmbito estadual e municipal não se verifique, esta será compensada pelo governo federal, de forma a atingir a meta global“…

Não sou desmancha prazer, pessimista, ou nada que nos possa colocar ’em baixo’. Muito pelo contrário. Sou uma otimista e sonhadora criatura que ainda acredita em milagres – os verdadeiros que, muitas das vezes acontecem, mas nossos olhos estão fechados e a alma também.Assim, não temos como vê-los.

As “garantias”  de Lula
No entanto, ’garantias’ quaisquer que sejam dadas por Lula ou mesmo pelos representante de Sindicatos, Federações, Confederações – como é este o caso, – ainda mais ’prometidas para depois das eleições,e tendo em visto os SEs   mencionados retro, flutuando ao sabor de ondas que podem ser calmas ou não, vez que independem de nós, e tendo ainda em vista o descabido e inaceitável ’legado’ de Lula para seu sucessor: uma dívida de 90 bilhões, “segundo estimativa da área técnica. Será um novo recorde, superando os R$ 72 bilhões de contas penduradas que passaram de 2009 para 2010. Essas despesas que passam de um ano para outro são os chamados “restos a pagar” e ocorrem porque os ministérios muitas vezes contratam uma obra que não é concluída até dezembro. Como o governo se comprometeu a pagar a despesa, a conta acaba sendo jogada para o ano seguinte.

Os restos a pagar são uma ocorrência rotineira na administração pública, mas a conta se transformou numa bola de neve por causa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). À medida que as obras vão saindo do papel, o volume de despesas que ultrapassa o prazo de um ano vai aumentando, chegando ao ponto em que os restos a pagar são quase iguais ao total de investimentos previsto no ano.(*)

A realidade
Houve dinheiro para todos os empréstimos, doações e o mais, como o aumento de mais de 30% para os próprios congressistas, MAS NÃO HOUVE DINHEIRO PARA OS APOSENTADOS. ISSO ME PARECE- NO MÍNIMO ESTRANHO. Há dinheiro para os representantes do povo, os ’poderosos’(que já têm, além dos salários elevadíssimos, benesses desnecessárias e por isso, abusivos e desrespeitosos para os outros, os cidadãos comuns, NÓS – o povo – justamente componentes da população de eleitores. HÁ PARA ELES, NÃO PARA NÓS.

Isso  pode até ser considerado – no mínimo, como preconceito.

QUAL É O CRITÉRIO É USADO?
AS DOAÇÕES E OS PERDÕES
HOUVE – OU MELHOR: DEIXOU DE ENTRAR – O QUE PODE SER CONSIDERADO COMO ’PERDA’- TODOS OS DINHEIROS QUE OS PAISES TODOS OS QUAIS  LULA ’PERDOOU ’AS DÍVIDAS, COM O BENEPLÁCITO DO CONGRESSO. NÃO SEI EM QUANTO MONTA. MAS DEVE SER SOMA ELEVADÍSSIMA.
O benemérito presidente do Brasil, como se aqui não houvesse pessoas necessitadas, SAIU A VOAR MUNDO AFORA, NOS AEROLULAS I e II, visitando quase todos os países e resolveu bancar o Papai Noel com o dinheiro do Estado.
Não sou contra ajudas humanitárias aos que necessitam. Mas só pode assim agir, quem tem não deveria agir quem não tem, mas tira dos cofres estatais o que deveria, por Direito e Justiça, ser destinado aos necessitados do país que preside.
Não é ’desvestindo um santo para vestir outro” que os problemas são solucionados.
Mesmo com bolsas de toda espécie, há muitos brasileiros em situação de extrema miséria.

Há muitos hospitais sem leitos, médicos e remédios.

Há muitas pessoas que, doentes, necessitam de remédios caríssimos para poderem sobreviver e o Estado – que têm a obrigação de suprir suas farmácias, não os fornece, tendo os pobres dos doentes – ou pessoas por eles indicadas, que recorrerem à Justiça para que tal seja feito. Todavia, para que tal ocorra, quem necessita dos remédios, tem ainda que recorrer à Justiça,o que é,no mínimo,desconfortável, pois obriga ao deslocamento do local onde moram, o que pode ser até mesmo doloroso e, quando acamados, impossível
Por outro lado,nossas estradas estão em estado lastimável e têm causado muitos óbitos. Nossos aeroportos, idem… o mesmo com as vias férreas. As que ainda estão funcionando, o fazem em péssimo estado. O metrô, sempre com gente demais, para vagões de menos.Alagamentos em muitas cidades do Brasil…
SINCERAMENTE, NÓS também ESTAMOS PRECISANDO DE AJUDA e o PRESIDENTE,  agora internacional, imaginando, querendo, buscando, procurando algum cargo  em organismo  mundial qualquer que seja, dá uma de bonzinho e deixa-nos a ver navios…
Reservo-me sim , a desacreeditar. Há muitos “SEs” …

.

 Quem entende de cálculo das probabilidades sabe muito bem que. em assim sendo, o que está dito:

Aumento real das aposentadorias garantido para 2011″, carece de  credibilidade. É afirmação inverídica.

Mais uma dentre as muitas irresponsáveis garantias que nada garantem…

É só ler atentamente o texto assinado por Lula

Finalizo, indagando ao senhor Warleu Martins, presidente da COPAB: como pode o senhor- ou quem quer que seja,  garantir, entre tantas variações acima listadas o aumento real ao qual VS. referiu-se quando afirmou:

“Ainda temos muitas lutas pela frente para conseguirmos de fato dignidade para nossa categoria, mas a garantia de um aumento real já pode ser considerada um avanço”.

Mirna Cavalcanti de Albuquerque
 
OAB/RJ 004762

 (*) Encontrarão mais a respeito eacesando: http://www.estadao.com.br/                  

(**)Leiam, a respeito:Mínimo e aposentado podem ficar sem ganho real em 2011, postado por mim em 24/12/2009

http://www.brasilwiki.com.br/printnews.php?id_noticia=18985:mpodem

Anúncios

Responses

  1. De: sonia coltro (soniacoltro@hotmail.com)
    Enviada: sexta-feira, 13 de agosto de 2010 20:59:48
    Para: veteranoveterano1@hotmail.com

    Os anexos, as imagens e os links desta mensagem foram bloqueados para sua segurança. Mostrar conteúdo | Sempre mostrar o conteúdo deste remetente

    Caro amigo, li teu comentário no blog dos aposentados de 13/08/2010, aprovo tudo o que escrevestes, é de pessoas assim que precisamos!

    Recebi este email e estou te repassando para que se tu aprovares, passe-o no blog dos aposentados, para que todos saibam do valor do voto nulo.

    Abraços.

    Sonia.

    DIVULGUEM PELO MENOS PARA QUE AS PESSOAS SAIBAM…

    VAMOS ACABAR COM OS POLÍTICOS DO ESGOTO NESTE PAÍS!!!

    Convenhamos: Não temos nenhum candidato à altura dessa vez. Seria maravilhoso se pudessemos divulgar esse email. QUEM SABE???????

    boa alternativa, difícil é conseguir os 51%.

    Vamos divulgar para todos os nossos contatos, vamos dar uma limpeza neste país e deixar que nossos filhos e netos tenham uma vida melhor que a nossa,
    livres desses bandidos, mentirosos e debochados.
    VOTO NULO = 000 + TECLA VERDE

    Ufa !!!!!!!! Uma informação boa !!!!!!!
    Tá esperando o que?

    Você sabe como eliminar 90% dos políticos corruptos em uma única vez ?
    Isso mesmo, em uma única vez….

    Preste muita atenção:

    Você sabe para que serve o VOTO NULO ? Não sabe, não é mesmo ?!

    Não se preocupe, eu acredito que menos de 1% da população saiba algo sobre isso…

    Agora, você sabe porque você não sabe para que serve o VOTO NULO?

    Então, vamos a um exemplo:

    Imagine uma eleição qualquer, onde os candidatos sejam: Lula, Paulo Maluf, José Dirceu, Marcos Valério, Delúbio Soares, Roberto Jefferson, Fernando Henrique, ACM… Entre outros.

    Campanha vai e campanha vem, você se acha na obrigação de escolher uma dessas figuras (o tal do “menos ruim”) e com isso acaba afundando mais o nosso país !!!

    Mas, aí você diz: “Nesse caso, não temos saída!” Engano seu !

    O QUE VOCÊ NÃO SABE É QUE SE UMA ELEIÇÃO FOR GANHA POR “VOTOS NULOS” É OBRIGATÓRIO HAVER NOVA ELEIÇÃO COM CANDIDATOS DIFERENTES DAQUELES QUE PARTICIPARAM DA PRIMEIRA !!!

    Ainda não entendeu ?

    Se, no exemplo de eleição acima, você e todo mundo votasse nulo, seria obrigatório haver uma NOVA ELEIÇÃO e esses pilantras não poderiam concorrer ao mesmo cargo político pelo menos por mais 4 anos!

    Isso, imagino que ( como eu) você ainda não sabia, né ?! Agora você entendeu por que isso nunca foi divulgado?

    Acha que é mentira? Ligue para o Superior Tribunal Eleitoral… Ligue para OAB…

    Aproveite e ligue também para a Folha de São Paulo, O Estado de São Paulo, O Globo, O Diário Catarinense, O Estado do Paraná, A Gazeta do Povo… e todas as revistas e jornais importantes desse país, e então lhes pergunte por que isso nunca foi divulgado.

    Segundo a legislação brasileira, se a eleição tiver 51% de votos nulos, o pleito é ANULADO e novas eleições têm que ser convocadas imediatamente; e os candidatos concorrentes são IMPOSSIBILITADOS DE CONCORRER NESTA NOVA ELEIÇÃO !!!

    É disso que o Brasil precisa: um susto nessa gente ! Esta campanha vale a pena !

    N U L O neles!!!

    DIVULGUEM PELO MENOS PARA QUE AS PESSOAS SAIBAM…

  2. Ilustrissíma Dra. em jornalismo
    Sra.Mirna Cavalcanti
    Louvo à sua personalidade com louvor e respeito. Entretanto, não o faço as demais subestabelecidas pretensas governamentais. No governo, sua caracterização já foi delapidada à tempo. A dignidade do cidadão já não existe mais, sua vida é somente um numero na tabela. Mais entrementes, o aposentado vive de sonhos,… ou seja ele(a) pensa que amanhã será melhor. Por quanto, pessoas do governo, já faz seu nome pensando na próxima eleição, o povo deixa se enganar em apenas 1/2 minuto de mentiras e ganâncias. E põe fora 4 anos de sofrimentos e penúria. Eu já cansei! Pois, existe pessoas que morrem por partido politicos. Obrigado por sua atenção e meus sinceros respeitos, por está dádiva que você faz por os aposentados. Jesus lhes abençoê!!!

  3. A
    Mirna Cavalcanti
    Tenho um grande sonho. Sou hábil com a mão ao escrever. Faço mais ou menos oito tipos de letras, “elas” já foram mostras na faculdade, onde o professos vez menção ao expo-lá. Hoje, percebo quê morrerei e a minha mão não levará a nada. Ou seja, queria tanto escrever sempre com dedicação e vontade. Mas como este governo sabe bem ferir, os aposentados, os doentes e,…(…). Fica caracterizado um retumbante afronta aos cidadões brasileiros. O STF e STE, poderi por uma redea curta nestes politicos mau carater. Quando nossas autoridades, iram pensar no próximo. E é nesta redomona, que a delineada aos escrever, escapa de minhas mãos. Dra. Mirna Cavalcanti, por favor – continue esta luta por nós,… aposentados.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: