Publicado por: mirnacavalcanti | 22 de abril de 2010

Quem se sairá melhor com a “Verdade Histórica”?


 

 

 

Nada melhor do que a Verdade

O feitiço poderá virar-se contra o feiticeiro. À "Verdade Histórica", então!

Senhores leitores,


Peço-lhes, que após lerem este meu artigo, leiam o que se encontra na página abaixo indicada:



http://celmarcio.blogspot.com/search?updated-min=2009-01-01T00%3A00%3A00-08%3A00&updated-max=2010-01-01T00%3A00%3A00-08%3A00&max-results=10

Apesar de ter sido escrito em dezembro de 2009,  este artigo está não só adequado como necessário para o momento em que estamos vivendo. Momento este que, se deixarmos, tende a perpetuar-se, até que os ’dignos guerrilheiros’, salvadores da pátria (em proveito próprio, como se está vendo), provem que, pouco falta  para serem santos, vez que se encontram no caminho da beatificação.                                                                                                                      É demais. É intolerável ficar queda quando se sabe a História, quando se a vivenciou, quando se, mesmo em a tendo vivenciado, pode-se lê-la e sobre ela falar sem tendenciosidade qualquer que seja objetiva e perpendicularmente.
É notório que sou contra todo e qualquer regime de força. É sabido por todos que me conhecem – pessoal ou através do trabalho que tenho desenvolvido por toda minha vida, quem sou, e os meus objetivos. Integridade, fraternidade, decência, caráter forte e seguro, bondade, responsabilidade, idoneidade, coragem, solidariedade e tudo o mais que complementa uma criatura digna e humana fazem parte de meu caráter e de minhas ações. Refletem-se elas em tudo o que escrevo, seja em prosa, seja em versos. Ao expender meus pensares filosóficos, jurídicos ou sobre qualquer outra ciência, a base para os mesmos é o Ser que sou.

Não estou, portanto, a defender nosso exército naquilo que alguns de seus membros e mesmo boa parte dele, cometeu excessos, torturando e até mesmo ceifando vidas de nossos compatriotas. 

É fundamental lembrar, todavia que, se àquela época – 1964, o Exército não tivesse tomado as rédeas da situação, o Brasil seria agora, mais um dos países pertencentes a um comunismo já morto, enterrado e putrefato e que sobrevive como um zumbi: sem vontade própria, sob a direção de uns poucos que se julgam muito inteligentes, mas na verdade, não passam de um grupinho de ’sabidos’, vivos que, usam através de grupos sociais escolhidos a dedo, mas cujos membros não têm vontade própria, pois ovelhas de presépio, a foice e o martelo, (fornecidos pelo governo que aí está). São usados esses instrumentos – junto com armas de fogo, pelos ’Sem Terra, Sem Vergonha e Sem Dignidade’ para cometer  as invasões de propriedades produtivas e incrementar a desordem no país: tudo isso, repito, sendo sustentado pelo governo do próprio presidente da República (vale dizer: pago pelo povo brasileiro).

Muito a mídia mostrou, com reportagens, fotografias, filmagens, etc… havia sacos e sacos de alimentos encontrados em seus acampamentos, indicando que provinham dos Lulianos ’programas sociais’  (muito de seu sustento saiu dos cofres da seguridade Social, caracterizando, inclusive, desvio de finalidade).

Este governo já mostrou a que veio. O vermelho, já elegeram como ’cor do uniforme’.                                                                                          

Outrossim, as emissoras todas de televisão têm veiculado anúncios vários. Os atores, que dominam a histrionia, representam muito bem ao falar dessa “Necessidade de Preservação Histórica”

Como cidadãos têm o direito de dizer o que quiserem, ainda mais se for por amor à causa. No entanto, se estão a receber cachês é vergonhoso, pois nenhum está a passar necessidades para sobreviver.                                                                                                                                 Não deixam de ser grandes atores, mas reservo-me o direito de, tristemente, ter que desconsiderá-los como seres humanos de alguma valia para a sociedade.    .

A anistia ocorreu. A abertura se deu. Com a primeira, gente que não faz falta e nunca fez falta para o país, não só retornou ao Brasil, como está a receber auxílios, pensões, aposentadorias, etc… de valores incompatíveis aos salários e aposentadorias dos trabalhadores, que têm lutado renhidamente para que lhes sejam concedidos os reajustes legais: até agora, sem sucesso.
Acresço que não contribuíram os ’anistiados, com um só centavo para a percepção de tais regalias.

Tendo sido a anistia GERAL AMPLA E IRRESTRITA, o que desejam agora? Sepultar ossos? Deixem-nos, (com todo o respeito e dignidade que merecem seus restos mortais) voltar a ser ’terra’, pois é o que somos materialmente: “homem remember: pulverus est et ad pulverus reverteribus. Revertere ad locum tuum” .

Não, mas não querem eles APENAS  sepultar o que deles restou. DESEJAM, ISTO SIM: FAZER NÃO A HISTÓRIA, MAS ESCREVÊ-LA À SUA MANEIRA E SABE-SE LÁ O QUÊ mais…

ISTO NÃO DEVEMOS PERMITIR. AGORA, SE É PARA MOSTRAR MESMO A ’VERDADE’, QUE OS DOCUMENTOS TODOS SEJAM MOSTRADOS, OS DOSSIÊS, AS FICHAS DE TODOS OS GUERRILHEIROS CONTENDO SUAS ATUAÇÕES – INCLUSIVE DOS QUE ESTÃO COMO LÍDERES AO LADO DE LULA,  PRINCIPALMENTE OS DOCUMENTOS REFERENTES À DONA DILMA, QUE PRETENDE ASCENDER À PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA.                                                                                                                             NÃO COM MEU VOTO.                                                                                                Não estou dizendo que votarei em Serra. Pode até ocorrer.AINDA NÃO DECIDI.

Peço-lhes, no entanto, que comparem os currícula de um e de outro. Vejam suas vidas familiares, universitárias, cursos , modus vivendi, enfim…                                                                                                                    E até mesmo em que posição se situavam na Esquerda e qual o papel nela desempenharam.

Até onde saiba Serra, além de ter todos os cursos universitários, os PHDs e reconhecida vida acadêmica plena no exterior(chegando mesmo a lecionar), não pegou em armas, não matou nem mandou matar quem quer que seja e muito menos liderou grupos de extermínio. Enquanto a senhorinha Dilma…


Concluam, amigos leitores, após lerem este artigo e, checarem o site que indiquei no início do mesmo.


Mirna Cavalcanti de Albuquerque
  
OAB/RJ 004762


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: